5 anos de Arena Palmeiras: O Legado

2
127
Arena Palmeiras

19 de Novembro de 2014, o Palmeiras lutava contra seu terceiro rebaixamento com um time tenebroso e inaugurava o que seria certamente o seu maior legado. Há 5 anos, o Palestra Itália era aposentado dando origem ao tão sonhado estádio moderno, a Arena Palmeiras ou Allianz Parque.

Certamente um dos complexos multiuso mais modernos do Brasil. A Arena cresceu, se tornou patrimônio e a imagem do Palestra ficou somente em um setor tombado do antigo estádio.

De Henrique Dourado a Fernando Prass, os dois nomes marcantes da Primeira Fase

  • Foi um ano muito difícil, Palmeiras vivia uma fase de reformulação. Foi um gol que costumo dizer que foi o de maior responsa na minha carreira. Estava começando a mostrar meu futebol no cenário brasileiro. Foi um alívio para mim ali, não tive nem forças para correr – revelou Henrique Dourado, autor do primeiro gol palmeirense na Arena em 2014.

Outro personagem emblemático desta era inicial da Arena é o goleiro Fernando Prass. Um dos principais personagens do primeiro título conquistado no novo estádio. Fernando Prass pegou penaltis, foi protagonista na maior rivalidade recente do clube com Ricardo Oliveira e uma das peças mais emblemáticas daquela Copa do Brasil de 2015, o primeiro título do clube na nova casa.

Veja mais!  Daniel Muñoz, alvo do Palmeiras, jogará na Bélgica

Contudo, o goleiro viu a idade chegar, viu uma lesão grave o tirar da temporada seguinte na reta final e viu Jaílson corresponder a altura e já em 2016 o clube faturou a segunda taça importante no estádio, o Campeonato Brasileiro daquele ano.

Outros personagens emblemáticos desta era são Dudu e o ex-lateral esquerdo Zé Roberto, um dos principais nomes do início do ciclo de Paulo Nobre.

O início da Segunda Era e a turbulência Galliotte + Mattos

Em 2017 o time patinou, oscilou e viu o rival Corinthians faturar o título brasileiro além de cair na Copa Libertadores da América e na Copa do Brasil. O ano foi bem turbulento até que o legado de Paulo Nobre chegou ao seu fim.

Todavia, 2018 começou da mesma forma que terminou 2017, o time oscilava e falhava, viu novamente o Corinthians ganhar um título naquele ano e o time caiu dolorosamente para o Boca Juniors na competição mais importante, era o quarto ano da Arena Palmeiras, sem nenhuma Libertadores.

Certamente o título do Campeonato Brasileiro ficou muito difícil, mas chegou Scolari e pôs ordem na casa e o Palmeiras iniciou uma arrancada fenomenal deixando todos os rivais para trás e faturanco o 10° título nacional.

Veja mais!  Clubes paulistas se alinham para definir cortes de salários

Nomes como Felipe Melo, Deyverson, Scarpa e Willian ficavam na história com uma das maiores duplas de zaga dos últimos tempos na Academira, Luan e Gómez.

2019 chegou, novos nomes também, mas a relação diretoria + torcida se desgastou muito rápido e o Palmeiras além de perder o Paulista caindo para o moribundo São Paulo, caiu também na Copa do Brasil para o Internacional e na Libertadores para o Grêmio.

Além disso, o time viu o seu rival mais recente, o Flamengo, abrir 10 pontos na tabela e nunca mais ser visto, 2019 seria um ano para se esquecer.

O que esperar dos próximos anos da Arena e sua administração

A WTorre tem contrato com o clube até 2044, neste período ainda será a responsável pela administração do estádio. Em 2020 a construtora e o clube planejam trocar a grama natural que foi alvo de duras críticas neste período por uma grama sintética certamente mais segura e moderna.

Uma empresa holandêsa deve ficar a cargo deste processo. A WTorre e o Palmeiras fizeram diversas pesquisa de mercado e de qualidade para implantar essa nova grama. Contudo, o Palmeiras ainda não anunciou a data da transição.

O curioso é que em 2019 o Palmeiras faz seu melhor ano na Arena, são 82% de aproveitamento.

Veja mais!  Zagueiro Luan está no radar de Bahia e Atlético-MG

Dudu, o principal recordista da Arena com 122 partidas, além de 32 gols e 33 assistências. média superior a 0,5 participações diretas em gol.

Números do Alviverde na Arena

  • 149 jogos, 100 vitórias, 27 empates e 22 derrotas
  • 275 gols pró e 109 contra
  • 4,6 milhões de espectadores
  • 316 milhões de reais em renda total
  • 212 milhões de reais em arrecadação
  • 41.256 é o recorde de público ( Palmeiras 3 a 2 sobre o Vitória, em 2018)
  • Maior renda: 5.336.631,25 ( na final da Copa do Brasil conquistada em 2015)
  • Menor público 15 mil torcedores em 2015 contra o Coxa.

A Arena também já foi palco de 84 shows, contudo, 22 desses shows no espaço atrás do gol. Certamente um dos locais que mais receberam eventos musicais, foram 12 festivais neste período. Além disso, já passaram de 215 mil pessoas pelo tour do estádio. Além disso, a Arena recebeu um público de 41 mil em um jogo da seleção brasileira com renda de quase 15 milhões.

 

 
Siga o Palmeiras Notícias também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

2 COMENTÁRIOS

  1. Precisa montar um time, imponente como diz o hino. Que se impunha no eterno Palestra sobre os adversários, e é isto que o vai fazer ser temido, quando jogar como visitantes. Só assim para conquistar a America, de novo, e o mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here