Palmeiras quer elevar nº de Sócios-Torcedores em 2021

Prejudicado pela pandemia que fechou os portões do Allianz Parque, o Palmeiras viu a sua arrecadação com sócio-torcedor diminuir. Agora, clube busca alternativas para voltar a crescer.

0
266

Enquanto vive uma ótima fase dentro de campo sob o comando de Abel Ferreira, O Palmeiras tenta se recuperar do baque causado pela pandemia desde 2020. De acordo com o GE, o clube registrou uma queda de 51% no programa de sócio-torcedores na última temporada, impulsionada pelo novo Coronavírus.

Após arrecadar R$ 46 Milhões com o programa “Sócio Avanti” em 2019, o Palmeiras viu a receita cair para R$ 22,5 Milhões no ano passado. Com o Allianz Parque de portões fechados há mais de 1 ano por conta da pandemia, as receitas com bilheteria também caíram 86% no período, segundo balanço do clube.

Sem previsão de retorno do público, o Palmeiras tem buscado formas de retomar o crescimento do seu programa de sócios. Uma das alternativas foi o criar o Plano Verde, o mais barato do programa, ao custo de R$ 9,99. Nele, o torcedor não recebe desconto em ingressos, mas tem direito a conteúdos exclusivos e ofertas de produtos.

Veja mais!  Raphael Veiga negocia renovação com o Palmeiras

PALMEIRAS QUER DOBRAR O NÚMERO DE SÓCIOS EM 2021

Atualmente, o programa de sócios do Palmeiras conta com pouco mais de 35 mil inscritos com pagamento em dia. A ideia do clube é dobrar este número e transformar o Avanti em algo além do estádio.

Com o Plano Verde, o sócio terá benefícios e retornos na Palmeiras Store, frete grátis, desconto em farmácias e supermercados, entre outras vantagens. O preço de R$ 9,99 é mensal e está disponível para palmeirenses de todo o Brasil.

Foto – Reprodução

Data: Quinta-feira, 13 de Maio de 2021

Não deixe de acompanhar mais detalhes sobre o Verdão aqui no Palmeiras Notícias. Informações sobre as partidas, negociações e os bastidores do Verdão são atualizadas todos os dias

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here