É oficial! Anderson Barros é o novo diretor do Palmeiras. Conforme falamos aqui, após a recusa de Diego Cerri o nome do diretor foi cogitado. Barros finalizou seu vínculo com o Botafogo para assinar com o time alviverde.

Barros assinou contrato com o Palmeiras para duas temporadas. Ele foi a última opção do Verdão que tentou Diego Cerri (Bahia) e Rodrigo Caetano (Internacional). Tanto Cerri quanto Caetano recusaram vir para o Palmeiras já que ambos tem liberdade em seus atuais clubes. O novo dirigente trabalhará com um comitê gestor composto por 3 vice-presidentes e dois diretores que já atuaram no departamento financeiro.

ANDERSON BARROS RETROSPECTO

Anderson Barros conquistou pelo Botafogo 1 Taça Rio, 1 Taça Guanabara e 2 cariocas. Ele foi um dos responsáveis pela vinda de Seedorf e de Loco Abreu ao Botafogo. Barros também trabalhou no Flamengo onde conquistou um Campeonato Carioca. O dirigente esteve à frente também do Vitória onde conquistou o Campeonato Baiano e dirigiu o Figueirense onde conquistou 2 campeonatos estaduais.

Veja mais!  Palmeiras solicita retorno de Angulo ao Cruzeiro

Barros foi criticado por suas contratações à frente do Botafogo nesta temporada, pois elas não agradaram a torcida. Além disso, soma-se às eliminações na Copa do Brasil, Copa Sul-Americana e o ruim desempenho no Brasileirão. Vale lembrar que o Botafogo lutava para não cair para a Série B.

O Botafogo havia informado à imprensa que o dirigente estaria confirmado junto com o técnico Alberto Valentim para 2020. Entretanto, Barros acabou vindo atuar pelo Palmeiras. Este foi um bom nome para substituir Alexandre Mattos?

Não deixe de acompanhar mais detalhes sobre o Verdão aqui no Palmeiras Notícias. Informações sobre partidas, negociações e os bastidores do Verdão são atualizadas diariamente.

 
Siga o Palmeiras Notícias também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here