ANÁLISE – O mais do mesmo Alviverde – Palmeiras x San Lorenzo

0
42
O mais do mesmo Alviverde

Nesta terça-feira (02) o Palmeiras sofreu sua primeira derrota na fase de grupos da Libertadores e também deixou exposto alguns dos defeitos mais corriqueiros do trabalho atual de Luis Felipe Scolari sob o comando da equipe. O mais do mesmo Alviverde.

O time iniciou o jogo em cima e quase marcou um gol de placa com Moisés em uma linda bicicleta, o primeiro tempo foi bem regular, mas os substitutos de Scarpa e Goulart não renderam o esperado e o ataque pelo segundo jogo seguido não pontuou.

O mais do mesmo Alviverde

O Palmeiras de Felipão pecou mais uma vez, e dessa vez a ferida ficou ainda mais exposta aos olhos dos torcedores que acompanharam a partida, o time abusa dos chutões e tem imensa dificuldade em armar as jogadas, a bola passa direto pelos volantes e meias de armação ( ontem foram Bruno Henrique e Moisés, além de Dudu dando suporte nessa faixa do campo diversas vezes) e vai direto para Deyverson ou quem tiver na faixa do ataque para dividir com os zagueiros.

Veja mais!  Jaílson representa o Palmeiras no FC: Futebol de Casa

Nulos, o atacante Felipe Pires e seu companheiro Deyverson nada conseguiram fazer.

Dudu, fortemente marcado e Lucas Lima que ainda não se encontrou na equipe alviverde, também foram peças nulas no esquema de Felipão.

Em alta

O sistema defensivo, mesmo que deixando o espaço para o gol do San Lorenzo, como um todo foi muito elogiado pela imprensa esportiva, mais uma vez seguros, Gustavo Gómez ainda teve uma chance de empatar o jogo no fim do segundo tempo, mas cabeceou na mão do goleiro da equipe argentina.

Quem parece ter se encontrado depois de um 2018 bem abaixo do esperado é o lateral Diogo Barbosa que fez uma boa partida, anulando praticamente todas as investidas da equipe do San Lorenzo.

Em baixa

Felipe Melo entrou no lugar de Bruno Henrique e assim como no fatídico jogo da Lan Bombonera no ano passado, em seu setor surgiu o gol da vitória do adversário, afobado e sem a classe habitual na marcação o meia teve uma atuação apagada.

Veja mais!  Band reprisará Palmeiras x Flamengo de 1999

Deyverson também foi bem abaixo do que pode render, depois de uma boa atuação contra o São Paulo, onde deu trabalho para Hudson atuando bem aberto pela esquerda, o atacante palmeirense foi pífio nos dois tempos da partida, a bola simplesmente batia e voltava e nada pôde acrescentar ao jogo.

Felipe Pires, Lucas Lima e Moisés também foram bem abaixo do esperado de jogadores tão caros do elenco.

Felipe anulado na meia direita e ataque, Lucas Lima se escondendo do jogo na parte crucial do campo que é a armação e Moisés que parece ter esquecido seu futebol há dois anos quando fez parte daquele time fantástico de Cuca.

Próximo confronto

Palmeiras x São Paulo se enfrentam neste domingo(07) ás 16h00 ( horário de Brasília) pelas semifinaias do Campeonato Paulista, o jogo será realizado no Allianz Parque, em São Paulo-SP.

Veja mais!  Felipe Melo não será mais escalado como volante

O Palmeiras precisa recuperar a eficiência que fez dele campeão brasileiro do último ano para passar mais uma vez para a final do Campeonato Paulista.

Retornam a equipe

Muito provável que tenhamos a volta de Ricardo Goulart, Gustavo Scarpa e Victor Luiz no próximo domingo, o que deixa a torcida com um alívio imenso já que os dois primeiros se tratam dos artilheiros da equipe no ano de 2019.

 

 
Siga o Palmeiras Notícias também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here