O segundo gol do Palmeiras não foi ilegal, entenda

0
66

Muito se debate sobre o possível gol irregular do Palmeiras na sofrida vitória contra o Vasco da Gama. Muito se diz sobre alguns jornalistas que vestiram a camisa de times A ou B para defender certamente seus clubes de coração e se criar uma teoria da conspiração. O segundo gol do Palmeiras não foi ilegal e muito menos passivo de revisão. Apenas entendam que, o VAR não erra impedimento.

Outra parte polêmica é o lance de mão no cruzamento do jogador do primeiro gol, marcado por Lucas Lima. Outro lance que somente quem está de muitá má vontade para atribuir aquilo á um erro. São quase 20 passes após o lance. Mesmo que a mão fosse passiva de marcação, ela seguiu, não era lance de pênalti e muito menos de cartão vermelho, logo, contudo, não era passiva de punição. Quando Fernando Prass agarra a bola e segue o lance é construída uma nova jogada de ataque e não a partir do toque na lateral. Com isso, tendo essa visão, não é ilegal o gol.

Veja mais!  AO VIVO - Como assistir Vasco x Palmeiras Futebol online na TV Globo e Premiere – Campeonato Brasileiro Futemax

Teorias da conspiração e mania de achar algo ilegal em tudo

Obviamente como ocorre em todo o fim de campeonato mil teorias são plantadas. Certamente a bola da vez é o Palmeiras, mesmo o adversário sendo o controverso Flamengo. Controverso sim, afinal não há paladino da moral e justiça no futebol.

Galiotte meses atrás reclamou de falhas em jogos do Flamengo e outras em jogos do Palmeiras que seriam suspeiras. Ele errou, não cabia tal reclamação, era só mais um choro para justificar a queda do time e a ascenção rubro-negra. Contudo, hoje se vê o contrário, mesmo que o Flamengo em nada seja prejudicado se for colocar na balança. Tendo isso como base, fica extremamente comentar ou avaliar futebol nos dias atual.

No segundo gol do Palmeiras, reclama-se de falta de Luis Adriano no jogador cruzmaltino. Lance amplamente interpretativo, assim como o penal não marcado em prol do time de São Januário. Certamente ambos disputam a bola, Luis Adriano pisa no chão e logo em seguida o comandado de Luxa chuta o seu pé. Passivo de ser marcado? Sim. Contudo, é também um lance interpretativo, se houve erro? Talvez, mas do Trasci e não do VAR, da CBF ou do Mano.

Veja mais!  Sem Melo, seria a chance de Ramires?

O jogo foi truncado, a arbitragem fraca e isso é em todo jogo do Campeonato Brasileiro.

 

 
Siga o Palmeiras Notícias também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
   

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here